Escrito por Tendenzias

Saiba Mais sobre as novas prancha “Chapinhas”

As pranchas, também conhecidas como “chapinhas”, não precisam mais castigar o cabelo para que ele fique liso. Graças à tecnologia, hoje os modelos agridem menos as mechas, domam os fios arrepiados e ainda ajudam a manter a hidratação natural, preservando o penteado por mais tempo.

Quem vai comprar uma chapinha deve prestar atenção, antes de mais nada, no material de que ela é feita: metal ou cerâmica. O segundo é o melhor. Ao contrário do metal, a cerâmica mantém a temperatura estável. Por isso, não queima nem marca o cabelo porque evita que a prancha seja passada várias vezes na mesma mecha.

“Os modelos que proporcionam os melhores resultados são os que esquentam rápido e mantêm a temperatura, que deve ficar entre 180 graus e 200 graus.

Uma novidade do mercado são as chapinhas com placas de turmalina ionizadas. A turmalina é um mineral que, quando aquecido, emite íons negativos – isso neutraliza a eletricidade do cabelo e ajuda a domar aqueles fios arrepiados. Outro aparelho que ganhou a aprovação dos cabeleireiros é o com ondas infravermelhas. Por agirem nos fios de dentro para fora, as ondas mantém mais a umidade do cabelo e dão um brilho extra aos fios.

Por fim, preste atenção no tamanho: cabelos curtos, chapinhas pequenas; cabelos longos, modelos mais largos.

Mas, por mais sofisticada que ela seja, ninguém deve abusar da prancha. O ideal é utilizá-la, no máximo, três vezes por semana. Também é recomendável secar o cabelo antes. Entretanto, há chapinhas que foram feitas para serem usadas nos fios úmidos, pois têm furos para saída do vapor.

Leia mais sobre beleza em http://belezadicas.com/

Lo más interesante
Top 6
artículos
Síguenos